Busca Orgânica do Google, vale a pena?
A Busca Orgânica do Google é um poderoso meio de se conectar aos seus principais interesses, solucionar dúvidas e é claro com os clientes. Confira nesse artigo informações que valem ouro a respeito da busca orgânica do Google e como ela vai ajudar o seu negócio no mundo digital, o foco hoje é a experiência do usuário e objetividade, confira!
busca-organica-no-google-vale-a-pena-atualizado

Busca Orgânica do Google, vale a pena?

Essa é uma das perguntas que mais aparecem entre aqueles que lidam com o mundo do marketing digital. A ideia de gerar tráfego orgânico nos sites, destacá-los no google, conseguir ter um grande fluxo de acessos é sempre atrativa para sites e blogs, principalmente os que lidam com vendas ou geram lucro a partir das visitas.

Nesses casos, duas questões são fundamentais: o processo de otimização de site, que consiste em saber as principais estratégias para posicionar conteúdo, fazer as escalas corretas de tamanho, ter links sempre funcionando e bem posicionados, ter as informações principais e de interesse sempre bem destacadas, entre outras. Tudo para gerar a melhor experiência do usuário, que por sua vez, leva a um aumento do tempo de permanência no site e contribui para aumentar o fluxo de acessos e conteúdos vistos.

Se você está em busca de entender como funciona a busca orgânica no google e se ela de fato funciona. Leia este artigo, pois ele tem o que você precisa. Nele iremos trabalhar os seguintes temas: o que é busca orgânica? Por que é importante aparecer entre os primeiros resultados? Como fazer para estar entre os primeiros nos buscadores? Busca orgânica no google da certo mesmo?

O que é busca orgânica?

No mundo do marketing digital existe uma série de técnicas e conceitos que definem as práticas realizadas no ramo para gerar maior eficiência e qualidade de trabalho. Um desses temas é a busca orgânica, definida por ser o tipo de busca feita em um provedor (como o Google, Bing, Ask, DuckDuckGo, Yahoo, entre outros) e que mostra somente os resultados referentes àqueles anúncios mais bem referenciados online, excluindo anúncios pagos.

Quando você faz uma pesquisa qualquer num buscador, ao digitar os termos da pesquisa (chamados de palavras-chave, no marketing digital), o resultado dependerá de vários fatores, como número de acessos da página, tempo de permanência nela, sua localização em relação ao produto oferecido e também o perfil online de quem está pesquisando. Na maioria dos casos, vão aparecer os links patrocinados primeiro e logo abaixo deles, os links não pagos, por ordem de classificação diante dos critérios elencados pelo buscador.

No caso da busca orgânica, esses primeiros links (patrocinados mediante pagamento) são excluídos e todos os resultados expostos são mediante a experiência do usuário, por isso, essa técnica é tão importante e bem conceituada dentro do ramo. Ao realizar uma busca orgânica, o usuário pode ter certeza de estar recebendo apenas os melhores resultados, voltados exclusivamente para o seu perfil e necessidade.

A busca orgânica muitas vezes é um grande indicativo do quanto certos sites são confiáveis e podem ser um grande diferencial na hora de decidir entre duas concorrentes de um mesmo ramo. Certamente é algo para se estar atento dentro do mundo do marketing digital.

Por que é essencial estar entre os primeiros nos buscadores?

De forma simples e direta: estar entre os primeiros resultados das buscas online é sinal de confiabilidade e eficiência. Pesquisas apontam que os clientes costumam ver as empresas que tem seus links mostrados primeiro de forma orgânica como referências no seu campo de atuação, estando assim mais inclinadas a comprar seus produtos e consultar suas opiniões para serviços.

Estar bem posicionado nas buscas também demarca a relevância do conteúdo do site em questão, uma vez que a maioria dos buscadores, principalmente o Google, analisa uma série de métricas para dar seus resultados, buscando a melhor experiência do usuário e criando rankings dinâmicos onde os sites podem subir e descer de acordo com suas características e aprovação geral do público.

Quando o assunto é tráfego orgânico, ou fluxo de acessos num site, estar bem posicionado nas buscas online tem um peso enorme, uma vez que as pesquisas também apontam que a probabilidade de um cliente entrar nos primeiros links de maneira natural, e quase irrefletida, é amplamente maior do que ele descer pela página em busca de maiores informações. O que também conta para a experiência do usuário e segue gerando feedback para os buscadores, como o Google.

Por falar no Google, a gigante do mundo digital é provavelmente a empresa com maior referência entre os buscadores online e seu site possui um fluxo de milhões de acessos por minuto, por isso quando o assunto é busca orgânica, vale muito a pena fazê-la via google, uma vez que seus ranking e métodos de avaliação da experiência do usuário são alguns dos melhores do mercado e a possibilidade de achar a melhor opção daquilo que o cliente está buscando só cresce.

O que fazer para aparecer no topo dos buscadores?

Agora que já trabalhamos o porquê é importante estar entre os primeiros, é necessário dedicar algum tempo e atenção ao como fazer para estar lá, já que de nada adianta saber da importância da ferramenta se não formos capazes de utilizá-la a nosso favor.

No ramo do marketing digital existem algumas questões que são fundamentais para consolidar um site com as melhores informações para as métricas e rankings do Google. Elas se baseiam amplamente na qualidade da experiência do usuário, no quanto o site traz boas referências ou garante a resolução do motivo da busca do cliente e também é importante que haja no site a adaptação para dispositivos móveis, o que é chamado de mobile friendly.

Vamos tratar de algumas das principais técnicas para se destacar nas buscas orgânicas do Google.

Em primeiro lugar, invista na produção de conteúdo. Essa é uma questão fundamental. Ter conteúdo relevante sobre os temas de interesse da sua área de atuação e de interesse dos seus clientes amplia em grande parte a capacidade de ser bem classificado nas pesquisas. Ter uma aba com artigos sobre os principais temas trabalhados ou de relatos da experiência do usuário com o seu produto são ótimas formas de atrair fluxo positivo de acessos. Conteúdos de qualidade inclusive podem ser facilmente compartilhados para atingir novos públicos e gerar ainda mais interesse e relevância do seu site.

Em segundo lugar, utilize as palavras chave certas. Muito do que é feito no marketing digital passa pela utilização das palavras chave, termos específicos que ligam temas a determinados resultados. Por exemplo, ao buscar “desenho para colorir”, os buscadores tratarão essas três palavras como uma palavra chave, buscando nas redes os melhores resultados para quando elas são utilizadas juntas. Acertar nas palavras chave na produção do seu conteúdo é outro passo fundamental para alavancar a posição do seu site nas classificações dentro dos buscadores.

Em terceiro lugar, aprenda sobre e utilize as técnicas SEO. Uma das principais técnicas para tornar o conteúdo do seu site mais relevante e mais provável de ser percebido pelos buscadores é o SEO (search engine optimization, ou traduzindo otimização de motor de busca). Com ela, suas palavras chave tornam-se mais fáceis de serem reconhecidas pelo Google e automaticamente melhoram sua posição entre as colocações das pesquisas. É possível utilizar as técnicas SEO tanto na construção do site quanto na produção de artigos para ele, ambos potencializam o resultado final.

E por fim, mas não menos importante, ter um site altamente responsivo e adaptado para celulares e tablets também conta muito. Uma das coisas que mais desmotiva os clientes ao entrar num site é dar de cara com um espaço mal organizado, onde as informações fundamentais não são apresentadas rapidamente e que não conduzem facilmente à solução do problema. Outra questão são sites que demoram de carregar e/ou não são mobile friendly. Por isso, o melhor método para criar um site que se destaque é posicionar centralmente as informações mais importantes e de apresentação dos produtos, deixando links para as diversas partes do site organizadas numa área de fácil acesso, bem como ter informações sobre redes sociais e contatos em geral. Além de investir na adaptação para dispositivos móveis.

Fazer busca orgânica com o Google dá mesmo resultado?

Para finalizar este artigo é hora de responder a pergunta a qual nos colocamos no início. Depois de identificar o que é a busca orgânica, como ela é feita e organizada, sua importância, como se destacar diante dos buscadores que a fazem… a pergunta que fica é: vale a pena realizar busca orgânica no Google? E a resposta é definitivamente sim.

No ramo do marketing digital, a Google é uma das empresas mais confiáveis e reconhecidas, suas produções estão no topo das avaliações mundiais e seus métodos de classificação são referência tanto para clientes quanto para concorrentes. Assim que, ao realizar uma busca orgânica no Google, temos a confiabilidade da empresa respaldando a resposta a nossa busca.

Os links providos pela Google e avaliados por ela como os melhores geralmente seguem todos os passos destacados nos parágrafos anteriores e tem a mais alta resposta no quesito experiência do usuário, justamente porque as métricas são tão avançadas. Então, se você busca qualidade e confiabilidade na hora de executar uma busca orgânica de conteúdo online, a Google é uma das melhores opções para você. Seja qual for a sua necessidade ou interesse, faça a busca e deixe as métricas fazerem o serviço pesado, certamente encontrando as melhores respostas para suas perguntas.

Se Você Gostou Do Artigo Veja Mais Novidades:

Compartilhe Nas Redes Sociais

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Sobre o Blog da Agência Colors

Publicamos conteúdos semanalmente atualizados sobre temas relacionados a criação de sites, novas tecnologias na internet, SEO, Growth Hacking.

Artigos Recentes

EM DESTAQUE NO MÊS | SEO